SEO on page: 8 dicas para aplicar no seu site

Shapers | 07/12/2018 | 6 minutos Conteúdo

A utilização correta das técnicas de SEO (Search Engine Optimization) é essencial para uma boa relevância nos mecanismos de buscas da internet, posicionamento da marca e conversão. Assim, se você deseja criar autoridade online, precisa investir na otimização da sua própria página - uma boa prática conhecida como SEO on page. A seguir, descubra 8 dicas descomplicadas para aplicar em seu site.

1. Otimize o título da página

O título é muito importante na aplicação do SEO on page. O title (título da página) é inserido em HTML, sendo uma propriedade dessa linguagem de marcação. Esse título aparece na aba do navegador e também nos resultados dos buscadores. Para que ele seja mostrado, é necessário fazer a sua inserção no código da página, como no exemplo:  <title>título da página</title>.

A principal função de utilizar essa dica é que os buscadores relacionam os termos pesquisados ao título definido na página. Ou seja, é essencial colocar a tag title nas páginas do seu site.

Ah! Mas não pense que para utilizar essa dica é preciso saber linguagem de programação. Se você tem um site em Wordpress ou em outro CMS de fácil utilização, é possível instalar um plugin específico para SEO, que já possui campo para inserir a meta-descrição (em inglês, meta description) de qualquer página criada em seu site, bem fácil, não é? Um dos mais utilizados nos sites em Wordpress é o plugin Yoast SEO, que possui versão gratuita e paga.

2. Crie uma meta description relevante

A descrição do conteúdo, ou meta description, é um pequeno resumo da página. Apesar dessa descrição não aparecer no texto do site, ela aparece nos resultados de busca, facilitando o usuário a entender do assunto tratado na sua página.

Lembre-se de utilizar uma meta-descrição realista e impactante. Além do mais, utilize também a palavra-chave na descrição. Essa dica é essencial para melhorar o rankeamento nos mecanismos de busca, e ela pode ser inserida em todas as páginas do site. Atente-se também ao tamanho do texto, que deve conter até 320 caracteres!

3. Tenha uma URL otimizada

Os mecanismos de buscas, como Google, fazem uma “leitura” da URL da página, rankeando melhor aquelas que são otimizadas. Com isso, é importante criar urls curtas, precisas e que tenham a palavra-chave. Contudo, é preciso evitar urls muito extensas, com datas ou números que nada tenham ligação com o conteúdo da página.

4. Use headings

As headings nada mais são do que os subtítulos do seu conteúdo, elas são inseridas em HTML, sendo assim, a sua tag é escrita desta forma: <h1> </h1>, <h2> </h2>, <h3> </h3> até ou h6, são utilizadas como uma hierarquia, sendo o h1 mais importante, e o h6 menos importante. Porém, é mais comum utilizar até o h4, pois como ele trata da relevância do subtítulo, não é tão interessante utilizar o h5 ou h6, salvo raras exceções, entendeu?

Tá, mas você deve estar se perguntando:  "pra que serve os subtítulos no SEO?"  Os subtítulos são importantes para que os mecanismos de busca saibam os assuntos tratados e interligados no conteúdo e o nível de aprofundamento do texto. E tudo isso conta no rankeamento, pois conforme os termos pesquisados pelo usuário, quanto mais específico e aprofundando seu conteúdo estiver, mais chances a sua página tem de aparecer nas melhores colocações nos resultados da busca orgânica.

5.  Escreva textos relevantes

Já foi o tempo que o SEO era focado em uso excessivo de palavras-chave. Atualmente os mecanismos de buscas estão muito mais inteligentes, sabia? Com isso, é preciso sim utilizar palavra-chave, mas sem excessos e, o principal, seu conteúdo de ser relevante e ter qualidade. Pois, o tempo que o usuário passa em seu site também demostra para os buscadores se o seu conteúdo tem ou não qualidade.

É importante lembrar que quanto mais relevante e detalhado forem seus textos, melhor. Mas é sempre bom levar em consideração a persona e o estágio dela no funil de vendas!

6. Faça linkagem interna

A linkagem interna também é importante. Por isso, tente sempre fazer a linkagem dos conteúdos e páginas que sejam correlatas. Além disso, quanto mais tempo o usuário passar no seu site, melhor é!

7. Aplique SEO corretamente - saiba utilizar as palavras-chave

As palavras-chave são essenciais no SEO e, consequentemente, elas devem ser definidas e utilizadas conforme os termos de pesquisa dos usuários. Mas não pense que é só colocar as palavras- chave aleatoriamente e em grande quantidade ao longo do seu texto. Na verdade isso pode ser bem ruim, o que é chamado de "Keyword stuffing".

Se já utiliza o SEO há algum tempo, você deve lembrar que antigamente quanto mais a palavra-chave aparecia no texto, melhor era, não é? Mas isso mudou completamente, por isso, somente insira as palavras-chave de forma moderada, sempre levando em consideração se ela realmente é relevante ao conteúdo produzido.

Ah!  Um adendo, o Google tende a penalizar os casos de "Keyword stuffing", ou seja, nem pense em usar essa estratégia!

8. Otimize as imagens

Se antes as imagens não eram nem lembradas ao otimizar um site, agora isso mudou completamente, pois, os buscadores também levam em consideração se as fotos contidas no site estão ou não otimizadas. Assim,  você não só pode como deve colocar essa dica em prática quando for inserir as imagens inseridas nas páginas do seu site!

Para otimizar as imagens, faça da seguinte forma:

  • Nome do arquivo da imagem.
  • Contexto.
  • Crie um texto alternativo -alt text.
  • Defina o tamanho do arquivo.

Quando você define o tamanho da imagem, ela é carregada de maneira muito mais rápida, e o carregamento do site também conta na relevância do seu site para os mecanismos de busca. Além disso, ao definir o contexto, nome do arquivo e texto alternativo, é possível mostrar para o buscador do que se trata sua página.

Ah! Mas não é só isso, lembre-se de compactar as imagens que vai inserir nas páginas, pois, quanto mais leves, mais fáceis e rápidas de serem carregadas.

Uma dica que não está listada, mas que também é importante: tenha paciência e continue trabalhando no SEO on-Page, pois os resultados levam algum tempo para aparecerem, mas garanto que vale a pena se empenhar e esperar por eles!

Você curtiu as 8 dicas para aplicar o SEO no seu site? Então continue com a visita em nosso blog, leia agora "Palavras-chave e SEO: a criação de conteúdo pós RankBrain" e fique ainda mais fera no assunto!

 


Shapers
Shapers 07/12/2018 | Conteúdo
Você merece conteúdo de qualidade. Assine nossa newsletter. Cadastre seu e-mail ao lado e receba conteúdos exclusivos, insights e tendências. Fácil assim.
Campos com (*) são obrigatórios